[Cipriano Dourado]

[Cipriano Dourado]
[Plantadora de Arroz, 1954] [Cipriano Dourado (1921-1981)]

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

[1619.] ANTÓNIO MARIA CARNEIRO FRANCO [IV] ||

* DEPORTADO APÓS O 28 DE MAIO DE 1926 *

[António Maria Carneiro Franco || 1 de Julho de 1927 || Malanje]

Tal como muitos outros oficiais e soldados que incorporaram o Corpo Expedicionário Português (CEP) durante a Grande Guerra, nomeadamente o Regimento de Infantaria Nº 23, António Maria Carneiro Franco participou nos primeiros movimentos contra a Ditadura Militar instaurada em 28 de Maio de 1926, tendo sido, por isso mesmo, deportado.

Na década de 30, por motivos políticos, foi-lhe fixada residência fixa em Castro Daire, sendo então vigiado pela polícia política.

António Maria Carneiro Franco era irmão de Ernesto Carneiro Franco, um dos obreiros da implantação da República em 5 de Outubro de 1910 e também opositor à Ditadura. Integrou o Regimento de Infantaria 23 durante a 1ª Guerra, juntamente com Jaime Cortesão e Álvaro Bossa da Veiga.

[PIDE, Serviços Centrais, Cadastros, N.º 1213, NT 735 || "Imagem cedida pelo ANTT"]

João Esteves

Sem comentários: